o banheiro na história – brasil.

No Brasil, desde a época colonial, muito pouco se observa em termos de evolução das formas de higiene da população. Os problemas da Europa, no entanto, são minimizados no Brasil, pois desde o des-cobrimento, o convívio com os indígenas e o calor dos trópicos impôs uma rotina em que a água era mais importante e abundante.

Apesar da quantidade de rios e cachoeiras brasileiras, as cidades não possuíam sistemas hidráulicos capazes de conduzir a água até elas. Esse advento só aconteceu no século XIX, tanto na colônia como na Europa.

O transporte da água se dava por tonéis e o preço pago por ela era alto. Os chafarizes, bastante comuns nas cidades desde o século XVII, eram lugares de encontros de escravos e depois de negros libertos. Esses lugares se assemelhavam aos banhos públicos que reaparecem no século XIX, com uma sensualidade que beira a promiscuidade.

Nas residências, os detritos dos penicos eram esvaziados em grandes tonéis chamados de Tigres que, por sua vez eram despejados no rio mais próximo ou no mar.

Fonte: Deca – O banheiro na história.

This entry was posted on sexta-feira, novembro 19th, 2010 at 4:58 and is filed under Sem categoria. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

2 Comentários para “o banheiro na história – brasil.”

  1. dana :

    antares@enrolling.phosphines” rel=”nofollow”>.…

    ñïñ çà èíôó….

  2. Jack :

    encomiums@spear.mozarts” rel=”nofollow”>.…

    áëàãîäàðþ!!…

 

Deixe um comentário