Dia de Guia – 1º dia em Sampa!

No post anterior contei sobre meu interesse em criar uma nova Tag no Blog chamada #DiaDeGuia para dar dicas de turismo nas cidades que morei ou por onde passei.

E no primeiro post com a Tag irei desenhar um roteiro bem comum na cidade de São Paulo, quase que obrigatório para quem ainda não conhece os lugares indicados. Lembrando que as opiniões e dicas são muito pessoais, sendo assim, considere somente o que lhe parecer relevante! Let´s go…

Todo brasileiro que se preze adora fazer umas comprinhas, e principalmente pagar pouco por elas, e o roteiro certo deste tipo de turista é sem dúvidas a rua 25 de março. A 25 é o ponto certo de compradores afoitos por bons preços e novidades, em busca daqueles produtos dos quais a gente nunca esta precisando mas adora comprar, e por isso esta sempre muito lotada. Mas não há como desconsiderar esta região da cidade em seu primeiro diazinho em São Paulo e é para lá que eu levarei vocês…

1 – Meu dia então começa na 25 de março, com as seguintes dicas:

* Acorde cedo, chegar por volta de umas 9:00 horas da manhã nesta rua é fundamental;

* Opte pelas terças, quartas e quintas, os outros dias são ainda mais lotados e quando eu digo lotado é lotado mesmo!;

* Vá de metro e desça na estação São Bento, começando o passeio pela Ladeira Porto Geral, reduto dos acessórios e bijuterias;

* Se prepare para andar muito, logo use roupas confortáveis como jeans, camiseta e tênis;

* Evite usar bolsas, e se usar procure estar sempre muito atento a ela,

* Não leve muito dinheiro, prefira cartões;

Mas não se assuste com minhas dicas, a rua é muito movimentada, cheia, atrativa e logo devemos estar atentos aos problemas comuns em lugares por onde passam muitas pessoas. E não perca muito tempo, a menos que você tenha em mente fazer compras, do contrário passe pela 25 somente para conhecer esta loucura que é a cara da maior cidade do país!

Caminhe a 25 em sentido ao Mercado Municipal. É muito simples, vá caminhando e se informando com os guardas e taxista que estão por todos os lados e chegue até o famoso Mercadão. Com uma arquitetura incrível e cheio de histórias, o mercado é um dos pontos mais visitados na capital.

2- O almoço no Mercadão será sua próxima parada!

Lá você irá se deliciar com o mega-ultra-master pão com mortadela, ou com o suculento pastel de bacalhau, hummm… Até porque você merece um almoçinho assim, após a caminhada conturbada e pelas comprinhas que vão te deixar cansado!

Após as compras, o almoço, o café, o descanço e a super sessão de fotos no Mercadão, agora é a hora de conhecer a Estação da Luz…

3 – Estação da Luz!

A Estação da Luz fica bem próxima ao Mercado Municipal e é bem provável que qualquer morador lhe indique uma caminhada até lá. O passeio é meramente turístico, bom para quem gosta de arquitetura e de história e busca por belas fotografias, eu acho que vale muito a pena!

Em alguns momentos existe um serviço de visita guiada pela estação, mas não encontrei nada na net que possa indicar horários. Mas no link da Wikipédia vocês podem se informar melhor sobre história e uma dica bacana para fazer em um outro dia, o passeio Expresso Turístico: Clica AQUI!

Depois de uma visita rápida para fotos e admiração do prédio da Estação da Luz, a próxima parada ainda é no prédio, ou melhor, em uma das laterais dele onde se localiza o Museu da Língua Portuguesa.

4 – Museu da Língua Portuguesa.

O museu é um dos meus preferidos em Sampa, super interativo e bonito, destino necessário para todo bom brasileiro ou falante da língua portuguesa!

Confira clicando AQUI os horários e valores dos ingressos para visitação.

Ufa, já estão cansados??? Ainda tem muiiita coisa pra ver!!! E no mesmo dia…

Em meu relógio imaginário ainda são apenas 3:30 e você ainda tem o restinho da tarde para conhecer outro ponto importante, a Pinacoteca!

5 – Pinacoteca.

A palavra Pinacoteca, caso alguém não saiba, significa “Biblioteca de quadros”, e a Pinacoteca do Estado de São Paulo é o nosso maior exemplo no país. Com um vasto acervo acadêmico e de obras do modernismo, além de esculturas lindas de Rodin e um prédio bárbaro. Uma visita de no mínimo umas duas horas, para ver bem rapidinho claro…

Depois de explorar e fotografar os quatro cantos deste lugar lindo e muito rico culturalmente, você pode fechar a tarde tomando um café na Cafeteria Flor Café, no prédio da Pinacoteca mesmo.

Bom, acredito que você já deva estar cheio, cheio de informações, de fotografias e bem cansadinho não é mesmo!? Eu até me arriscaria a indicar uma visita para compras na rua José Paulino, aqui ao lado, no bairro do Bom Retiro. Mas se o dia já estiver acabando e sua disposição também, acho melhor ficar para a próxima.

Para quem realmente estiver interessado confira neste link algumas lojas indicadas por uma blogueira de moda no roteiro “cheap fashion” de São Paulo. Clica AQUI!

Mas eu mesmo vou voltando para casa, e de metrô, ali na Estação da Luz mesmo. Preciso descançar porque os passeios estão só começando, já vimos muito e ainda temos uma noite Paulistana para desvendar…

Beijos e até o próximo post!!!

This entry was posted on segunda-feira, janeiro 14th, 2013 at 17:47 and is filed under Sem categoria. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

5 Comentários para “Dia de Guia – 1º dia em Sampa!”

  1. Brandon :

    aides@unnecessary.snakes” rel=”nofollow”>.…

    спасибо!!…

  2. Evan :

    inc@ballots.means” rel=”nofollow”>.…

    good info!!…

  3. alexander :

    monograph@blishs.bells” rel=”nofollow”>.…

    hello!…

  4. Gerard :

    capitulated@guggenheim.justly” rel=”nofollow”>.…

    ñýíêñ çà èíôó….

  5. Lance :

    coherence@dodged.crooning” rel=”nofollow”>.…

    ñïàñèáî çà èíôó!…

 

Deixe um comentário