Ana Maria Pacheco na Pinacoteca.

Ontem fui dar uma volta pela Pinacoteca de São Paulo e conheci o trabalho de uma goiana radicada na Inglaterra que me deixou absolutamente encantado!

Vou mostrar aqui para vocês algumas das obras da artista, que infelizmente encerrou ontem dia 03 de fevereiro sua exposição na Pinacoteca, e um breve histórico sobre sua carreria.

Biografia

Ana Maria Pacheco (Goiânia GO 1943). Escultora, pintora, desenhista e gravadora. É bacharel em escultura pela Universidade Católica de Goiás – UCG, e em música pela Universidade Federal de Goiás – UFGO. Em 1965, faz pós-graduação em música e educação no Rio de Janeiro, e, entre 1966 e 1969, leciona em curso de formação de professores, no Instituto de Educação, Goiás. De 1966 a 1973, é professora na Escola de Belas Artes da Faculdade de Arquitetura da Universidade de Goiás e no Instituto de Arte da UFGO. Com bolsa de estudos do Conselho Britânico do Rio de Janeiro, estuda, de 1973 a 1975, em Londres, na Slade School of Fine Art. De 1985 a 1989, exerce o cargo de diretora titular de Belas Artes na Norwich School of Art, Norfolk, Inglaterra. Em 1996, torna-se artista associada da National Gallery, Londres. Como professora visitante, leciona em universidades na Escócia, Inglaterra e Irlanda do Norte. Em 2000, recebe o título de doutora honoris causa em letras pela University of East Anglia, e, em 2002, doutora honoris causa em filosofia pela Anglia Pulytechnic University, ambas em Norfolk, Inglaterra. Em 2000, realiza mostra individual no Museu Nacional de Belas Artes – MNBA, Rio de Janeiro. Em 2004, expõe no Purdy Hicks Gallery, Londres, e no Brighton Museum & Art Gallery, Brighton, Inglaterra. Tem obras em importantes acervos no Brasil, Inglaterra, Alemanha, Japão e Estados Unidos. Vive e trabalha na Inglaterra desde 1973.

Super indico uma busca pelos trabalhos de Ana Maria pela web.

Vou pesquisar a fundo e saber se suas obras serão expostas em outra galeria ou museu aqui no Brasil e atualizo o post para vocês!

A arte de Ana Maria mescla sua brasilidade, seu conhecimento em artes, tudo com muita técnica e bom gosto. Espero que após sua primeira exposição em um museu nacional realizada com grande sucesso, as Galerias, Museus e as iniciativas pública e privada, possam traze-la mais vezes para que um maior número de brasileiros conheça e se apaixone por seu trabalho, assim como eu!

This entry was posted on segunda-feira, fevereiro 4th, 2013 at 17:40 and is filed under Sem categoria. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

 

Deixe um comentário